Grupo de Trabalho sobre Organização e Método, da Igreja Cristã Maranat... - Rádio Maanaim
Grupo de Trabalho sobre Organização e Método, da Igreja Cristã Maranata, concede entrevista à Rádio Maanaim

Grupo de Trabalho sobre Organização e Método, da Igreja Cristã Maranata, concede entrevista à Rádio Maanaim

Quatro integrantes do grupo estiveram nos estúdios da RM e falaram sobre o projeto


Às primeiras quartas-feiras de cada mês, a Igreja Cristã Maranata tem exibido desde fevereiro de 2020 uma mensagem especial direcionada aos pais e responsáveis, professores de Escola Bíblica Dominical, pastores, obreiros e diáconos, com o objetivo de tratar o assunto “Organização e Método”.

Neste sentido, fazem parte do Grupo de Trabalho sobre o tema as integrantes da ICM: Mônica Cristina Medici, Fernanda Zanetti, Késia Nunes e Leonice Rocha, as quais possuem formações acadêmicas ligadas à área de educação.

Integrantes do grupo em entrevista. Foto: Equipe Rádio Maanaim

Na tarde da última sexta-feira, dia 06 de março, o locutor Jorge Pessoa conversou com essas profissionais para tratar o assunto que está mensalmente em foco pela instituição. Entre as perguntas feitas, foram respondidas as seguintes questões:

1 - Apresentação do trabalho com base em como surgiu a iniciativa

Explicação por Leonice Rocha - Secretária do Trabalho de Acessibilidade/ ICM

— [...] Como os demais projetos que virão ainda, todos eles estão relacionados com o momento em que estamos vivendo, o qual tem exigido do Presbitério uma proposta diferenciada [...] Portanto, este trabalho de organização e método está ajustado com este momento; com esta necessidade urgente que estamos vivendo.”

2- Com que objetivo surgiu esse trabalho?

Explicação por Monica Cristina Medici [excepcionalmente esta resposta não corresponde ao áudio da entrevista] - Doutoranda e mestrado em educação (UFES); especialização em psicopedagogia (Saberes); especialização em gestão e programação em ensino a distância  (UFF); licenciatura em pedagogia  (Fafic-BH);

— Inicialmente, o Presbitério desempenhou esforços para o ensino da palavra às nossas crianças com o objetivo de prepará-los para a vida eterna. Hoje, além de continuarmos em prepará-los para a vida eterna, também precisamos de prepará-los para esta vida. 
Nesse contexto, sabendo da configuração atual das famílias, quando pai e mãe trabalham fora e as crianças precisam ser autônomas, sem terem condições pra isso, as famílias muitas vezes ficam sem saber a direção a tomar. Dessa forma, diante do amadurecimento já alcançado na Obra, o Presbitério entendeu que esse era um trabalho necessário: organização da família, não que elas não saibam ser organizadas, mas despertá-las, a partir de conhecimento científico, para a importância dessa organização e os diferentes modos e estímulos necessários.

3 – Abordagens dos conceitos da área

Explicação por Fernanda Zanetti - Pós-doutorado, doutorado e mestrado em educação (UFES); especialização em psicopedagogia (Saberes); licenciatura em pedagogia (Faesa).

Desenvolvimento humano

— O desenvolvimento humano engloba aspectos da vida física, social, emocional, cognitiva, espiritual... e não pode ser compreendido como uma soma dessas partes isoladas. É um conjunto e que nós precisamos trabalhar com nossos filhos [...] para fazer um pleno desenvolvimento nessas crianças.

Papel da Mediação

— Pela Palavra a gente vê Jesus como nosso único mediador. Mas, nesse desenvolvimento dos nossos filhos, nós somos os responsáveis que temos o conhecimento e que vamos mediar essas relações. Temos que pensar naquilo que os nossos filhos já sabem fazer sozinhos e aquilo que eles precisam fazer a partir do nosso ensino para que chegue o momento que eles também consigam fazer sozinhos.

A escola e a educação

—  A escola tem o papel fundamental de ensinar aquilo que são os conhecimentos científicos, conhecimentos estéticos... mas o papel da educação, da construção da personalidade, do caráter humano é um papel que nós temos que formar nas nossas crianças.  [...] Então, o trabalho vem para auxiliar as famílias a compreenderem como nós nos desenvolvemos no decorrer da vida e para orientar os nossos filhos neste sentido.

4- Organizações futuras em desenvolvimento pelo grupo

Explicação por Késia Nunes - pós doutorado, doutorado em educação (UFES); especialização em educação física para educação básica.

— [...] A metodologia está centrada em aulas expositivas, mas a cada aula nós vamos tentar trazer exemplos mais práticos, possibilidades mesmo, para pensar os temas trabalhados... Estamos pensando em uma articulação para os dois semestres. Neste primeiro semestre, nós já começamos vendo um pouco sobre o desenvolvimento da criança, dos intermediários e adolescentes, de como uma mediação qualificada contribui para o desenvolvimento deles, e nós vamos seguir agora aprofundando possibilidades de uma mediação familiar. A nossa sugestão é que essa mediação seja também realizada por meio de jogos, brincadeiras e uso da tecnologia. Uma das nossas intenções é conhecer e nos aproximarmos mais dos nossos filhos...
Para o próximo, a temática já muda um pouco. Vamos tentar aprender mais sobre a gestão do tempo e dos espaços. Traremos sugestões para ajudar as famílias a planejarem a organização de uma agenda diária, semanal, mensal; a elaboração de rotinas com cuidados pessoais, domésticos, acadêmicos... do auxilio para pensar organização com as crianças das suas mochilas, seus pertences. Então são outros temas e outros benefícios. A nossa intenção é poder nos organizar com qualidade para projetos importantes dedicando um tempo de qualidade.

Ouça a entrevista completa, disponível abaixo, para mais detalhes. Assista também à mensagem transmitida às igrejas no dia 04 de março de 2020, clique aqui.

Seu navegador não suporta esse recurso

Publicações Relacionadas

Últimas Publicações